Projeto Errado para a Câmara

0
COMPARTILHAMENTOS
78
VISUALIZAÇÕES

Nestes 35 anos que acompanho a política na Aldeia, sou testemunha de um defeito de fábrica no Executivo: mandam projetos com falhas para a Câmara de Vereadores. Muitas vezes, em cima da hora. E é claro que dá lambança.

Desta vez, mandaram o projeto de reajuste dos servidores com defeito, desrespeitando a isonomia salarial, excluindo os CCs, o que é ilegal. O vereador João Caldas (PT), que é da base do Governo, me disse que alertou o Executivo, mas, pelo jeito, o alerta entrou num ouvido e saiu no outro.

Enquanto isso, aproveitando-se das trapalhadas governamentais, o vereador Manoel Eletricista vai se destacando no seu papel de oposição. Neste caso, pediu vistas e impediu que o reparo fosse feito na sessão dessa semana. Resumo da bufa: o minguado reajuste dos servidores terá de ficar para o próximo mês.

Apurei que o Guaibaprev fez o alerta, considerando que a Lei, da forma que foi aprovada, dificulta a aplicabilidade, uma vez que os proventos (composição de tudo que os servidores tiveram durante sua vida profissional), incluindo FGs, RET sobre os FGs, faz com que seja necessário pegar a pasta de cada aposentado e calcular na mão, separando o que é vencimento dos FGs e RET, e efetuar a proporcionalidade para depois calcular o percentual de 8,18%. Pesadelo.

 

Comissão do CC Fantasma

Pela segunda sessão consecutiva, foi adiada a formação de uma comissão especial na Câmara de Vereadores de Guaíba para apurar denúncias de um ex-CC da Prefeitura que recebia R$ 9 mil por mês e admitiu publicamente que não era aproveitado. O caso gerou perplexidade e indignação na comunidade. Tudo indica que a tal comissão será formada na próxima sessão da Câmara.

 

Atendimento no PA

O vereador Marcos SJ foi à tribuna para criticar o atendimento no PA de Guaíba. Disse que, ao fiscalizar o serviço, devido às reclamações que recebe da população, foi ameaçado de ser processado pela empresa que faz a gestão do Pronto Atendimento. Contou casos para argumentar seu trabalho de fiscal na Porta do PA. Falou que alguns funcionários teriam se sentido intimidados com a presença dele. Prometeu continuar fiscalizando, independente da alegada ameaça de processo judicial.

O desabafo do Vereador Marcos gerou uma reação difícil de acontecer na Câmara, seus colegas da base governista e os de oposição se uniram para defendê-lo. Pelo visto, se o atendimento está com falhas no PA e se houve a ameaça de processo, a fiscalização vai aumentar. Como dizia o meu avô, “mexeram com a abelheira”.

 

Lanchonete no Hospital

Ainda sobre o Hospital, o Vereador Marcos levou para o debate na Câmara o fato de não haver qualquer estabelecimento para vender lanches no Hospital Regional de Guaíba. Ele lembrou que havia um trailer na frente do prédio, mas foi retirado pela Prefeitura. O Vereador Chacrinha sugeriu que seja feita licitação para a concessão de uma lancheria no complexo hospitalar. Teve vereador defendendo a volta do trailer.

Existem regras para exploração comercial em espaços públicos. Isso de bota e tira trailer em áreas públicas é ilegal. Vereador, cuja função é legislar, precisa saber disso.

Concordo com o Vereador Chacrinha, é preciso fazer uma licitação para a concessão de um espaço adequado, de acordo com a legislação.

 

Desgaste na Educação

Oficialmente, a vice-prefeita de Guaíba, Cláudia Jardim, deixou o comando da Secretaria de Educação para se dedicar mais ao Governo e tal. No entanto, a causa está relacionada ao desgaste político no cargo. Acontece que a Cláudia Jardim foi uma vereadora de oposição muito combatente quando esteva na Câmara. Batia forte no Governo anterior, exigindo pagamento do Piso Nacional do Magistério vinculado ao Plano de Carreira. Se escutava a reivindicação lá no Super Paulinho. Agora, no Executivo, com a caneta na mão, percebeu que não dá para pagar, ficando sem argumento, o que significa desgaste político.

Os professores não esqueceram da promessa e cobram insistentemente. De vez em quando, passa um carro de som lembrando.

Discurso inflamado na tribuna da Câmara é “uma faca de dois legumes”, como dizia um ilustre vereador da Aldeia.

 

Marina Pública na Florida

Uma associação está tentando implantar uma Marina Pública na Praia da Florida, Zona Sul de Guaíba, no mesmo local onde já teve o Clube Náutico. O projeto está em análise na Prefeitura. Conversei com os autores e parece muito interessante a proposta.

Sou a favor de uma marina em Guaíba. Uma cidade com grande extensão de margem como a nossa tem que ter um local para os barcos. Voltarei ao tema.

 

Tio Cesar

Morreu essa semana, aos 71 anos, vítima da Covid-19, o Tio Cesar, personagem importante da cultura local. Na década de 1960, se destacou como roqueiro, sendo um dos fundadores do conjunto “Os Trepidantes”. Escreveu o livro “Nosso Rock”, contando a história das bandas locais. Recebi um exemplar do autor.

Falo sobre o Tio Cesar no meu livro. Deixou legado. Muitos músicos foram incentivados por ele.

 

Leandro André

leandro.andre.gazeta@gmail.com

Publicado em 18/2/22

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *